Autenticação: principais Tipos e Métodos

(7 minutos de leitura) Nos dias de hoje estamos muito preocupados com a segurança na internet, não é verdade? E é aí que entra a autenticação, um dos artifícios que garantem a segurança na web, impedindo que informações de grande valor caiam em mãos erradas. Quer aprender um pouco mais sobre a autenticação digital, vem ler nosso artigo de hoje!

Autenticação: principais Tipos e Métodos

(7 minutos de leitura)


A autenticação é, hoje, um dos artifícios que mais garantem a segurança dos usuários na internet, impedindo que informações de grande valor caiam em mãos erradas. Tendo isso em mente, prepare-se para conhecer um pouco mais sobre a autenticação digital, além dos principais tipos e métodos de aplicação utilizados atualmente.


O QUE É AUTENTICAÇÃO?

Apesar de complexa em sua essência, o conceito de autenticação não tem nenhum mistério. A autenticação, como a própria palavra sugere, diz respeito a algo autêntico, ou seja, que transparece veracidade.

Na internet, a autenticação é um selo que garante a exclusividade de algo ou alguém. Imagine que você caia em um conteúdo único (como esse que você está lendo), e se dá conta de que, em muitas pesquisas que já fez, nunca havia encontrado algo do tipo. Pois bem, essa autenticação dá ao site, ou ao conteúdo, uma espécie de "pedigree" confiável.

Contudo, existem também as autenticações certificadas, as quais abordaremos com detalhes a seguir.

Basicamente, os certificados digitais cumprem o papel de proteger os usuários e suas valiosas informações, como dados bancários, senhas e acessos de e-commerce e redes sociais, entre outros.

Para cada usuário, instituição ou site, existe um estilo específico de autenticação. Mas para saber quais são as vantagens e desvantagens de cada uma delas, primeiro, é preciso conhecê-las a fundo. 


TIPOS DE AUTENTICAÇÃO

Apesar de amplamente conhecida, a autenticação de documentos possui uma grande variedade de aplicações, sejam elas por biometrias, senhas e até mesmo tokens. Por isso, saber identificá-las é de extrema importância para que você consiga avaliá-las e identificá-las imediatamente.

Afinal, dependendo do nível de complexidade, você poderá optar por utilizar mais de um tipo de autenticação.

Aqui estão os 5 tipos de autenticação de Documentos que você precisa conhecer. Vamos lá?


SENHAS E PINS

Consideradas como as opções mais comuns de autenticação, as senhas e PINs nada mais são do que a combinação de caracteres, como letras e números, para a formação de um código.

Os PINs, apesar de muito comuns para os usuários de smartphones, não estão entre as opções mais seguras disponíveis. O motivo para isso é bastante simples, basta um pequeno número de tentativas para que outros usuários descubram sua senha e tenham acesso às suas informações.

É possível ter uma noção desses fatos quando analisamos o número de redes sociais invadidas no ano, ou informações e documentos de mídias vazadas por smartphones. Por isso, avalie muito bem antes de cadastrar uma senha “qualquer”.


BIOMETRIA

A autenticação biométrica vem ganhando um lugar de destaque entre os métodos mais eficientes de garantir a segurança dos usuários.

Como o próprio nome sugere, a autenticação biométrica visa identificar traços fisiológicos de seus usuários, tais como:

- Escaneamento de íris e retinas;
- Leitura da impressão digital do usuário;
- Escaneamento das mãos;
- Escaneamento da face;
- Identificação de voz.


TOKEN

Quando se fala em autenticação e segurança, é impossível não pensarmos nos tokens.
A autenticação por token é uma das mais seguras do mundo e o motivo para isso é bastante simples. Os tokens geram diversos tipos de senhas em questão de minutos. Confuso? Então vamos imaginar uma situação cotidiana.

Imagine que uma pessoa tenha prestado atenção à senha que você inseriu no seu aplicativo bancário, por exemplo. Dentro de alguns minutos, a senha cuja pessoa tenha observado com bastante atenção já não será mais válida, tendo sido substituída por uma nova senha, completamente diferente.


AUTENTICAÇÃO EM DOIS FATORES

A autenticação em Dois Fatores conta com uma camada extra, proporcionando ainda mais proteção aos usuários.

Mensagens via SMS, e-mails e leituras de criptografias pela câmera do seu celular são apenas alguns dos principais métodos de verificação da autenticação em dois fatores, que funciona da seguinte forma:

1) No primeiro processo, o usuário deve inserir uma senha PIN no seu dispositivo (computador, notebook etc.);

2) Quando avaliada é conferida, uma mensagem será enviada ao usuário, contendo um código específico;

3) Ao recebê-lo, o usuário deve utilizá-lo na nova tela que se abriu;

4) Se confirmada, o usuário então terá total acesso à plataforma ou serviço requerido.


AUTENTICAÇÃO POR IDENTIDADE DIGITAL

Apoiada em características externas, como localização, dispositivo e equipamento, a autenticação por identidade digital surge como um dos métodos mais eficientes de garantir a total segurança do usuário.

Um exemplo bastante claro sobre como a autenticação de identidade digital funciona é observar cartões de crédito e agência, tokens de confirmação, entre outros métodos.


PRINCIPAIS MÉTODOS DE AUTENTICAÇÃO

Além dos principais tipos de autenticação utilizados nos dias de hoje, também nos deparamos com alguns métodos que implicam na sua funcionalidade, em questão.

Sendo assim, vamos conhecer os principais métodos de autenticação.


AUTENTICAÇÃO BASEADA NA PROPRIEDADE

Como o próprio nome sugere, a autenticação baseada na propriedade necessita de um objeto ou dispositivo por parte do usuário.

Um exemplo bastante comum desse tipo de autenticação são os tradicionais cartões de crédito, cartões de conta bancária ou mesmo os tokens, que necessitam de um dispositivo para serem ativados. Esse método de autenticação é um dos mais eficazes e confiáveis da atualidade, visto que o método invalida quaisquer tipos de invasão por parte de outras pessoas.


AUTENTICAÇÃO BASEADA EM CONHECIMENTO

A autenticação baseada no conhecimento é um dos métodos mais ineficientes de proteger as suas informações.

Geralmente o método focado em conhecimento utiliza senhas e PINs, formando um código que apenas o proprietário reconhece. Contudo, devido a fragilidade deste método, o número de golpes aplicados em perfis que utilizam esse tipo de autenticação vem crescendo espantosamente, mostrando sua real deficiência.


AUTENTICAÇÃO BASEADA EM CARACTERÍSTICAS

Baseada exclusivamente em “o que você é”, a autenticação por características faz uma verdadeira análise em alguma característica específica do indivíduo.

Apesar de parecer confuso, o conceito é bastante simples, basta olhar para o seu smartphone. É provável que seu aparelho seja equipado com alguns leitores específicos desse método. Quer ver?

Hoje, grande parte dos celulares produzidos no mundo contam com um leitor biométrico, que é utilizado para proteger o aparelho de outras pessoas, que não o usuário. Além do leitor biométrico, os smartphones mais recentes também contam com escaneamento facial e leitor de íris, que expandem ainda mais a segurança do aparelho e das informações contidas nele.

Bom, chegamos ao fim do nosso conteúdo. Mas não se preocupe! 


Continue acompanhando nosso blog para se manter informado, e não esqueça de nos seguir nas redes sociais para você se manter atualizado.
Compartilhe este artigo em suas redes sociais:
Avalie este artigo:
[yasr_visitor_votes size=”medium”]

Conteúdo

Nossos artigos mais recentes

Leia sobre as últimas tendências na área de tecnologia
Blog 16-05
Neste texto iremos falar sobre um assunto primordial na programação: o bem-estar...
Blog 14-05
Participar de competições de programação é um teste não só das habilidades...
NEARSHORE_ LATAM AS THE MAIN DESTINATION FOR THE BEST IT TALENT thumb blog
À medida que navegamos por um mundo em constante transformação e evolução...

Extra, extra!

Assine nossa newsletter

Fique sempre atualizado com as novidades em tecnologia, transformação digital, mercado de trabalho e oportunidades de carreira

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur. Venenatis facilisi.