Kubernetes x Docker

(8 minutos de leitura) Kubernetes e Docker são duas tecnologias que se tornaram extremamente populares no mundo da conteinerização e infraestrutura de software. Ambos têm propósitos relacionados, mas são utilizados para tarefas diferentes e complementares. Neste artigo está uma comparação básica entre os dois. Vem ler para entender mais!

Kubernetes x Docker

(8 minutos de leitura)


Kubernetes e Docker são duas tecnologias que se tornaram extremamente populares no mundo da conteinerização e infraestrutura de software. Ambos têm propósitos relacionados, mas são utilizados para tarefas diferentes e complementares. Neste artigo está uma comparação básica entre os dois. Vem ler para entender mais!


DOCKER

Docker é uma plataforma que permite que os desenvolvedores criem, implementem e executem aplicações em contêineres. 

Mas, antes de nos aprofundarmos no assunto, você sabe o que é um contêiner? Contêiner é uma unidade padrão de software que empacota código e todas as suas dependências para que o aplicativo seja executado de forma rápida e confiável em qualquer ambiente.


VANTAGENS DO DOCKER

1- Isolamento: Os contêineres Docker garantem que os aplicativos funcionem em ambientes isolados, garantindo que não interfiram uns com os outros.

2- Portabilidade: Uma vez que um aplicativo é conteinerizado com o Docker, ele pode ser executado em qualquer ambiente que suporte Docker, seja localmente, em um data center ou na nuvem.

3- Eficiência: Contêineres são mais leves que as máquinas virtuais tradicionais e iniciam muito mais rápido.

4- Desenvolvimento consistente: Os desenvolvedores podem criar contêineres localmente, garantindo que o ambiente seja o mesmo em todas as etapas de desenvolvimento e produção.


KUBERNETES

Kubernetes, frequentemente abreviado como K8s, é uma plataforma de código aberto para automatizar a implantação, o dimensionamento e a operação de aplicativos conteinerizados. Ele agrupa contêineres que compõem uma aplicação em unidades lógicas para facilitar a gestão e o descobrimento.


VANTAGENS DO KUBERNETES

1- Automação: Kubernetes pode automaticamente dimensionar aplicativos com base na demanda, reiniciar contêineres que falham e distribuir aplicativos entre diferentes recursos.

2- Balanceamento de carga: Kubernetes pode distribuir tráfego de rede para garantir que a distribuição da carga seja eficiente.

3- Autorreparo: Kubernetes pode reiniciar contêineres que falham, substituir contêineres e até mesmo substituir os que falham.

4- Gestão de armazenamento: Ele pode montar automaticamente um sistema de armazenamento de sua escolha, seja de armazenamento local, de um fornecedor de nuvem ou de uma rede.


KUBERNETES X DOCKER: QUAL USAR?

A questão de "qual é melhor" é um pouco enganadora, pois Kubernetes e Docker não são mutuamente exclusivos. De fato, eles são frequentemente usados juntos. Enquanto Docker se concentra na criação e execução de contêineres, Kubernetes se concentra na orquestração de contêineres em um ambiente de produção.

Para pequenos projetos ou para aprendizado, Docker pode ser suficiente. No entanto, à medida que os aplicativos crescem e requerem alta disponibilidade, escalabilidade e uma gestão mais robusta, o Kubernetes torna-se uma ferramenta essencial.

Embora o Docker, por si só, seja uma plataforma para conteinerização, ele também possui sua própria ferramenta de orquestração chamada Docker Swarm. Portanto, quando falamos sobre a comparação direta entre Kubernetes e Docker em termos de orquestração, estamos realmente comparando Kubernetes e Docker Swarm.

Aqui vão algumas comparações entre Kubernetes e Docker Swarm:

1- Facilidade de Uso: Docker Swarm é geralmente considerado mais simples e direto em sua configuração e operação. Isso pode ser particularmente atraente para equipes menores ou projetos menos complexos.

2- Escalabilidade: Kubernetes é frequentemente citado como a solução mais robusta para ambientes em larga escala. Ele oferece uma ampla gama de funcionalidades e integrações que são particularmente úteis em configurações complexas e de alto tráfego.

3- Flexibilidade de Implementação: Kubernetes é mais flexível em termos de onde pode ser implementado. Pode ser usado com muitos provedores de serviços em nuvem, enquanto o Docker Swarm está mais intimamente ligado à própria plataforma Docker.


A COEXISTÊNCIA DO DOCKER E KUBERNETES

Muitas organizações não fazem uma escolha estrita entre Docker e Kubernetes; elas usam ambos. O Docker é utilizado para criar e gerenciar contêineres individuais, enquanto o Kubernetes é utilizado para orquestrar e gerenciar grupos de contêineres em produção.

Por exemplo, um desenvolvedor pode usar o Docker em seu ambiente local para desenvolver e testar um aplicativo. Uma vez que o aplicativo esteja pronto para produção, ele pode ser implantado em um cluster Kubernetes para gerenciamento e escala.


COMUNIDADE E SUPORTE

Tanto o Docker quanto o Kubernetes têm comunidades de código aberto ativas e robustas. No entanto, devido à adoção massiva e ao suporte de grandes players da indústria (como Google, Microsoft, Amazon, entre outros), o Kubernetes tem visto um rápido crescimento em termos de inovações, plugins e integrações de terceiros.


CONCLUSÃO

Não se trata de escolher entre Kubernetes e Docker, mas sim de entender como eles podem trabalhar juntos para fornecer uma solução completa para conteinerização e orquestração de aplicativos. Enquanto Docker fornece a plataforma e a tecnologia de contêiner, Kubernetes oferece a ferramenta para gerenciar e orquestrar esses contêineres em um ambiente de produção.

A escolha entre Docker (ou Docker Swarm) e Kubernetes não é uma questão de um ser "melhor" do que o outro em todos os cenários. Em vez disso, é sobre qual solução atende melhor às necessidades específicas de um projeto ou organização. Para desenvolvimento local e projetos menores, o Docker pode ser mais do que suficiente. Para implantações em larga escala, especialmente aquelas que exigem alta disponibilidade e complexidade, o Kubernetes é frequentemente a escolha preferida.

Contudo, o cenário tecnológico está em constante evolução. As organizações devem se manter atualizadas sobre as novas funcionalidades e melhorias oferecidas por ambas as plataformas e considerar suas necessidades individuais e a experiência da equipe ao tomar decisões sobre a tecnologia.


E aí? O que achou do nosso conteúdo? Não deixe de nos seguir nas redes sociais para ficar muito bem-informado!
Compartilhe este artigo em suas redes sociais:
Avalie este artigo:
[yasr_visitor_votes size=”medium”]

Conteúdo

Nossos artigos mais recentes

Leia sobre as últimas tendências na área de tecnologia
Blog 23-05-min
Você é apaixonado por programação e está sempre em busca de maneiras...
Blog 21-05
A tecnologia blockchain está transformando várias indústrias por meio dos aplicativos descentralizados...
Blog 16-05
Neste texto iremos falar sobre um assunto primordial na programação: o bem-estar...

Extra, extra!

Assine nossa newsletter

Fique sempre atualizado com as novidades em tecnologia, transformação digital, mercado de trabalho e oportunidades de carreira

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur. Venenatis facilisi.