Snowflake

(7 minutos de leitura) Você sabe o que é Snowflake? É uma plataforma cujo objetivo é aproveitar as vantagens do armazenamento barato disponível na nuvem, além de fornecer o poder de computação sob demanda necessário para o big data e oferecer a capacidade de armazenar dados semiestruturados e estruturados em um só lugar.

Snowflake

(7 minutos de leitura)


Snowflake é uma plataforma única e global que viabiliza o Data Cloud. Foi projetado exclusivamente para conectar empresas de todo o mundo, em qualquer tipo ou escala de dados e em muitas cargas de trabalho diferentes, além de possibilitar a colaboração contínua de dados.

Os conceitos arquitetônicos do Snowflake se alinham perfeitamente com os objetivos de um Data Lake. O objetivo dessa plataforma é aproveitar as vantagens do armazenamento barato disponível na nuvem, fornecer o poder de computação sob demanda necessário para o big data e oferecer a capacidade de armazenar dados semiestruturados e estruturados em um só lugar. Seu principal diferencial é que a sua arquitetura única se encaixa perfeitamente no requisito de um Data Lake e simplifica tudo por meio de uma interface SQL, muito familiar para engenheiros e administradores de banco de dados.


SNOWFLAKE – O QUE É?

Como já dito anteriormente, Snowflake é uma plataforma de armazenamento de dados baseada em cloud que fornece um serviço totalmente gerenciado para: armazenar, gerenciar e analisar dados. Ele foi construído sobre Amazon Web Services (AWS), Microsoft Azure e Google Cloud Platform (GCP) e usa uma arquitetura exclusiva chamada data warehouse em nuvem, que permite lidar com grandes quantidades de dados e dar suporte a várias cargas de trabalho simultaneamente.

A arquitetura do Snowflake separa armazenamento e computação, permitindo que os usuários dimensionem seu data warehouse independentemente de seus recursos de computação. Oferece também suporte a vários tipos e formatos de dados, incluindo dados estruturados, semiestruturados e não estruturados, e se integra a uma ampla variedade de fontes de dados e ferramentas de BI.

Um dos principais recursos do Snowflake é sua capacidade de oferecer elasticidade instantânea, permitindo que seus usuários aumentem ou reduzam seus recursos de data warehouse conforme sua necessidade. Dessa maneira, permite que as empresas lidem com picos sazonais de tráfego ou se adaptem às mudanças sem se preocupar com as limitações da infraestrutura.

Resumindo, o Snowflake foi projetado para simplificar o processo de gerenciamento e análise de grandes quantidades de dados, tornando-os acessíveis a uma ampla gama de usuários e casos de uso.


COMO USAR O SNOWFLAKE?

Para usar o Snowflake, você normalmente precisa seguir essas etapas:

1) Crie uma conta Snowflake:  o primeiro passo é você se inscrever para uma conta no site do. Você terá que fornecer algumas informações básicas sobre sua empresa e suas necessidades de dados.

2) Crie um banco de dados e um esquema: depois de criar a sua conta, você poderá criar um banco de dados e um esquema. O banco de dados é onde seus dados serão armazenados e o esquema é um contêiner lógico para organizar seus dados no banco de dados.

3) Carregue dados no Snowflake: depois de configurar o banco de dados e o esquema, você deverá carregar os dados no Snowflake de várias fontes. Isso pode incluir dados estruturados de um banco de dados SQL, arquivos CSV ou Excel ou dados semiestruturados como JSON ou XML.

4) Consulte seus dados: quando seus dados estiverem no Snowflake, você poderá consultá-los usando SQL. O Snowflake oferece suporte à sintaxe SQL padrão, bem como extensões para lidar com dados semiestruturados.

5) Analise seus dados: além de consultar seus dados, o Snowflake também fornece uma variedade de ferramentas de análise e integrações com plataformas de BI de terceiros, como Tableau, Looker e PowerBI.

6) Escale seus recursos: por fim, o Snowflake permite que você aumente ou diminua facilmente seus recursos, dependendo de suas necessidades. Isso pode incluir a adição de mais recursos de computação para lidar com cargas de trabalho maiores ou reduzir os recursos durante períodos de baixa demanda para economizar custos.


Snowflake foi projetado para ser uma plataforma flexível e fácil de usar para o gerenciamento e análise de grandes quantidades de dados. Embora possa haver alguma curva de aprendizado envolvida no início, a interface é muito amigável e a sua documentação é muito robusta, o que tornam a plataforma acessível aos usuários de todos os níveis de habilidade.


ARQUITETURA DO SNOWFLAKE

A arquitetura do Snowflake foi projetada para lidar com grandes quantidades de dados e suportar várias cargas de trabalho simultaneamente. Ele é baseado em uma arquitetura multicluster sem compartilhamento, que separa armazenamento e computação, o que permite escalabilidade, elasticidade e desempenho.

Aqui estão alguns elementos-chave da arquitetura do Snowflake:

1) Armazém de dados na nuvem: o Snowflake é uma plataforma de armazenamento de dados baseada na nuvem que roda sobre a infraestrutura de nuvem pública da AWS, Azure e GCP. Isso permite que o Snowflake aproveite a escalabilidade e a elasticidade da computação em nuvem, o que facilita o aumento ou a redução conforme necessária.

2) Separação de armazenamento e computação: o Snowflake separa armazenamento e computação, o que significa que os dados são armazenados em uma camada separada dos recursos de computação usados para consultar e analisar os dados. Isso permite que o Snowflake dimensione o armazenamento e os recursos de computação de forma independente, o que oferece maior flexibilidade e economia de custos.

3) Armazéns virtuais: no Snowflake, os recursos de computação são provisionados por meio de armazéns virtuais, que são clusters de recursos de computação que podem ser ampliados ou reduzidos dependendo da carga de trabalho. Cada armazém virtual é isolado de outros armazéns virtuais, o que garante que não haja conflitos de recursos entre diferentes cargas de trabalho.

4) Arquitetura de vários clusters: a arquitetura de vários clusters do Snowflake permite o processamento paralelo de consultas em vários clusters de computação. Isso significa que o Snowflake pode lidar com consultas complexas e grandes conjuntos de dados de forma rápida e eficiente.

5) Dimensionamento automático: a arquitetura do Snowflake permite o dimensionamento automático de armazéns virtuais com base na carga de trabalho. Quando uma carga de trabalho aumenta, o Snowflake pode aumentar automaticamente os recursos de computação adicionais para lidar com a carga de trabalho e, em seguida, reduzir quando a carga de trabalho diminui.

6) Compartilhamento de dados: a arquitetura do Snowflake permite um fácil compartilhamento de dados entre organizações, sem a necessidade de copiar ou mover dados. Isso permite colaboração e troca de dados em tempo real, mantendo a segurança dos dados e o controle. 


É importante dizer que a plataforma de dados Snowflake não é construída em nenhuma tecnologia de banco de dados existente ou plataformas de software de big data. Na verdade, a plataforma do Snowflake combina um mecanismo de consulta SQL completamente novo com uma arquitetura inovadora projetada nativamente para a nuvem. Assim, Snowflake fornece todas as funcionalidades de um banco de dados analítico corporativo, junto com muitos recursos especiais adicionais e recursos exclusivos.


O que achou do nosso artigo? Não deixe de nos seguir nas redes sociais e acompanhar o nosso blog para ficar atualizado!
Compartilhe este artigo em suas redes sociais:
Avalie este artigo:
[yasr_visitor_votes size=”medium”]

Conteúdo

Nossos artigos mais recentes

Leia sobre as últimas tendências na área de tecnologia
Blog 23-05-min
Você é apaixonado por programação e está sempre em busca de maneiras...
Blog 21-05
A tecnologia blockchain está transformando várias indústrias por meio dos aplicativos descentralizados...
Blog 16-05
Neste texto iremos falar sobre um assunto primordial na programação: o bem-estar...

Extra, extra!

Assine nossa newsletter

Fique sempre atualizado com as novidades em tecnologia, transformação digital, mercado de trabalho e oportunidades de carreira

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur. Venenatis facilisi.