TypeScript

(7 minutos de leitura) Quer entender um pouco mais sobre TypeScript, essa linguagem que é tão popular nos dias de hoje?

TypeScript

(7 minutos de leitura)


TypeScript é uma linguagem de programação de código aberto desenvolvida pela Microsoft. Ela foi construída em cima do JavaScript, para se ter um melhor aproveitamento das suas principais características. No TypeScript, foi possível adicionar recursos de tipagem estáticas que não existia no JavaScript.

Ou seja, tem-se todas as funcionalidades do JavaScript no TypeScript acrescidas de várias outras funcionalidades.

Apesar de o TypeScript seja um “superset” do JavaScript, na hora de compilar o código, todo TypeScript é convertido/transpilado para JavaScript. 

O desenvolvedor que escreve códigos em TypeScript usa uma sintaxe simplificada, mais clara e suportada por vários TaskRunners ou IDES, mas o seu código voltará a ser JavaScript após transpilado. Isso acontece porque o browser não entende a sintaxe de outra linguagem de programação que não seja JavaScript.

TypeScript foi considerada pelo público a quarta linguagem "mais amada", de acordo com a pesquisa feita pelo site Stack Overflow, em 2018. E está entre as quinze linguagens mais populares, segundo a pesquisa conduzida pela RedMonk. 

Anders Hejlsberg, arquiteto da linguagem C# e criador das linguagens Delphi e Turbo Pascal, trabalhou no desenvolvimento do TypeScript.  

TypeScript pode ser usada para desenvolver aplicações JavaScript tanto no lado do cliente como no lado do servidor. Existem várias opções disponíveis para transcompilação. O TypeScript Checker padrão pode ser usado ou pode-se usar o compilador Babel para converter TypeScript em JavaScript.


TYPESCRIPT X JAVASCRIPT

As principais diferenças entre elas são:

1 - TYPESCRIPT
- Tipagem estática;
- Orientação a objeto;
- Genéricos;
- Namespaces;
- Decorators

2 - JAVASCRIPT
- Tipagem dinâmica;
- Programação estruturada;
- Funções;
- Prototypes;
- Funções construtoras 

Ao usar o “superconjunto” do TypeScript temos um melhor suporte à programação orientada aos objetos, já que o Javascript foi turbinado com várias possibilidades que a linguagem pura não dispõe. 

Em sua forma simples, o JavaScript não permite a utilização de interfaces de forma clara, por exemplo, além de apresentar uma tipagem fraca, o que prejudica o desenvolvimento em escala de aplicações. Dessa maneira o TypeScript visa contornar esses problemas adicionando uma série de funcionalidades, que se perderão, uma vez que o código final se torna JavaScript quando transpilado.

No entanto, ao programar o desenvolvedor contará com maiores possibilidades e uma sintaxe mais simples, clara e suportada por todos os editores de códigos modernos. 

Como o TypeScript é uma modificação do JavaScript, qualquer arquivo que tenha sido escrito com a extensão .js, pode ser utilizado dentro do TS, uma vez que ele aceita códigos JS por padrão. Isso é muito positivo, pois possibilita a atualização de sistemas construídos em Javascript.


PRINCIPAIS VANTAGENS DO TYPESCRIPT

São duas as principais vantagens do TypeScrip:  a tipagem estática e a orientação a objetos.

Sem dúvida, a principal característica do TypeScript é a sua tipagem forte, por isso tem no nome Type (tipo em português). 

O JavaScript, na maior parte do seu projeto de linguagem, não é tipado e a inferência de tipo só vai até certo ponto. Daí uma necessidade maior de utilizar o TypeScript caso queira suprir essas deficiências.

Listamos aqui algumas das vantagens de usar o TypeScript: 


ENCAPSULAMENTO

O encapsulamento pode ser entendido como uma forma de estruturação de código para que determinados blocos tenham acesso a pontos específicos para o ambiente externo. Havendo assim, a visibilidade e acessibilidade dos elementos internos de uma classe. Ou seja, ao usar o encapsulamento, pode-se definir quais são os atributos de uma classe que serão visíveis aos usuários externos ou que estarão expostos para uma interface pública do sistema.

Programadores que já utilizam linguagens como Java, PHP e C# já estão acostumados a declarar atributos privados dentro de suas classes, garantindo esse controle. Exemplo em TypeScript:
     private _saldo: number;
HERANÇA

A herança também é um princípio muito conhecido e, com base nele, uma classe filha pode herdar, ou não, os comportamentos e características de uma classe pai, sem que seja necessário redefinir todas as funções novamente.

Em TypScript a palavra usada para herança é “extends” assim como em Java. É preciso declarar a nova função estendendo-a de outra, conforme o exemplo abaixo:
     module Escola {
       class Pessoa { ...código aqui.. }
       class Aluno extends Pessoa { ...código aqui.. }
       class Professor extends Pessoa { ...código aqui.. }
     }
O TypeScript facilita a escrita desse código baseado em herança, que será compilado posteriormente em JavaScript puro.


POLIMORFISMO

Temos também o polimorfismo, que permite que sejam utilizados objetos dentro da programação de formas diferenciadas, de acordo com a situação. Ou seja, em um sentido reverso à herança, podemos assumir que uma classe pai possa usar atributos de qualquer de suas classes filhas.


ABSTRAÇÃO

A abstração pode ser considerada a capacidade de destacar apenas algumas características de elementos do mundo real. É muito utilizado na programação orientada a objetos.

Essas características são agrupadas nas chamadas classes, que representam partes de um elemento e seus atributos para a solução de um determinado problema.

Exitem também as “classes abstratas”, que não têm uma representação no mundo real, mas realizam funções necessárias ao sistema. São as chamadas interfaces.
     export module Escola
     {
        export interface Nota { AlterarNota(nota: number); }
        export class Aluno implements Nota {
            AlterarNota(nota: number) { }
        }
     }
Podemos dizer que o TypeScript é um potencializador do JavaScript e com ele é possível construir sistemas complexos sem nenhum problema e sem que seja insuficiente diante de outras linguagens de back-end, como PHP ou Java. 

Como falamos são várias as vantagens de usar o TypeScript e uma das maiores é poder descobrir bugs durante a implementação do seu projeto, já que é possível usar o Intellisense da IDE, que já visualiza pontos de melhoria e problemas de compilação.

O principal foco do Typescript é incluir a tipagem estática no JavaScript, incluindo também alguns features que facilitam a aplicação dos conceitos de OOP (Object-Oriented Programming). Porém, é por meio da tipagem que podemos construir aplicações muito mais seguras, melhorando muito a produtividade.


Gostou do nosso conteúdo? Então siga-nos nas redes sociais para ficar por dentro de mais informações e acompanhe o nosso blog.


Referências:
https://bit.ly/3PvEilm
https://bit.ly/38vYJOH
https://bit.ly/3wpGdAB
https://bit.ly/3lnMypH
https://bit.ly/38vYYJB
Compartilhe este artigo em suas redes sociais:
Avalie este artigo:
[yasr_visitor_votes size=”medium”]

Conteúdo

Nossos artigos mais recentes

Leia sobre as últimas tendências na área de tecnologia
Blog 23-05-min
Você é apaixonado por programação e está sempre em busca de maneiras...
Blog 21-05
A tecnologia blockchain está transformando várias indústrias por meio dos aplicativos descentralizados...
Blog 16-05
Neste texto iremos falar sobre um assunto primordial na programação: o bem-estar...

Extra, extra!

Assine nossa newsletter

Fique sempre atualizado com as novidades em tecnologia, transformação digital, mercado de trabalho e oportunidades de carreira

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur. Venenatis facilisi.